Alalaoooooooh

Estamos fazendo reforminhas no lar doce lar.Isso mesmo, NÓS ( eu a marido) MESMOS.Aprincipio estamos mudando a cor das nossas portas e janelas exteriores que eram marfim e estão se transformando em branco.Acho mais boitinho assim, casa amarela e janelas e portas branquinhas, minha cara.Fora isso , tem o tanque novo , que exige todo um processo demorado de “quebração e recotrução”, está indo atéque tudo bem , só uns ferimentos , mas segundo o marido – nem doeu.
Fizemos um churrasco no meio dos escombros do que era o meu antigo tanque. Engraçado – MEU TANQUE. Quando a gente tem casa um sentimento de possessão pelos utencilios domesticos e apetrexos é praticamente inevitavel.
Bom trabalhamos o carnaval todo, sendo assim essa é a minha maior novidade.
Curitiba continua igualzinha, tá que eu não conheço nada da cidade aindaa ,mas aqui na rua está tudo igual.
Estamos hospedando uma motoca do amigo de marido. O cara viaja pra lugares inóspitos e de ar rarefeito com o patrocinio de um monte de empresas, é bem interessante.Claro que já temos uma história com a Moto que fica por aqui até domingo.
Estou com dor de garganta , primeira sem i- doença desde que eu vim pra cá, mas deve ser o sorvete, porque há sorvete por aqui , e pequenos grandes agrados para a minha pessoa.
Tenho tentado falar com todos os amigos mas nem todos respondem , seria legal se o fizessem sabe. E definitivamente, preciso de amigos por aqui, pois apesar de ter o melhor amigo sempre por aqui , preciso de mais tumulto.Aff
Ah só um lembrete. Curitiba é estranha, e solitaria.Eu nãoposso ser assim !!
Quero ler de novo Paris é uma festa , amanhã talvez me aventure indo até a biblioteca , quem sabe…

Deixe um Comentário