Todo corpo é festa

odo corpo é uma festa. Mas não é sempre e nem em qualquer lugar que é possível celebrá-lo.

Eu sigo tendo minhas questões e todas elas são relacionadas ao olhar do outro. Sempre preciso de coragem pra viver a pele que hábito. Esse olhar do outro é sempre uma experiência violenta.
Mas acontece que as vezes dou sorte, e desta vez foi assim. Chegar em um lugar onde ser quem eu sou não é um problema. Onde eu não preciso me esconder, fingir ou dissimular. Onde um corpo é só um corpo, que permite ser todas as outras coisas que sou além dele.

Se essa foto existe é porque eu estava extremamente confortável ao lado de pessoas que eu conheci em pouco menos de dez dias.

Aqui neste canto de mundo tudo é sobre afeto, mas também é sobre coragem. Amar é o ato mais corajoso que existe. E assim despida diante dos olhares mais amorosos que eu poderia receber me permitir mostrar o que sou além de um corpo. Sou braba demais e me permito ser festa ❤️

Deixe um Comentário