Medicina Gordofóbica

Como recupera a auto estima depois de médicos gordofóbicos? Eu não sei. Passei anos sem ir em médico e fazendo o máximo pra ficar saudável e o corpo de fato está saudável, mas uma decisão recente me levou a precisar de uma equipe toda. E o comportamento é surreal, não importa que esses caras sejam os melhores. Com cinco estrelinhas na avaliar do Google, com a consulta mais cara do país. Entro no consultório sabendo que vou ser mastigada, de fato sou, e apesar de conseguir o que eu quero deles, saio com o sentimento de derrota.

Aí fica a briga com o espelho, a dúvida do pra que que eu tô fazendo isso mesmo?

Além do laudo que eu queria ganhei um remédio novo pra emagrecer com um plano ‘excelente’ que custa só 800 reais a injeção, ‘mas é incrível’. Uma nutricionista que não tem nenhum plano pra mim porque “não vai adiantar mesmo”, um médico com uma consulta tão porca que pediu avaliações pra médicos diferentes num cópia e cola sem fim que levou a um erro besta mas que me trouxe prejuízo, acho que se ele tivesse olhado pra minha cara e tudo menos ranço o erro não aconteceria.

Olha. Tô biscoitando mesmo, porque não quero esquecer de quem eu sou, porque a opinião do outro sobre meu corpo (saudável, repito), não deveria ter o poder de me adoecer. Nem a mim e nem a ninguém.

Deixe um Comentário