No filme ‘Um grande garoto’, o personagem do Hugh Grant calculava a vida vazia que ele tinha em unidades de tempo. Algo como “comprar cds – 3 unidades de tempo”. Ultimamente tenho controlado minha vida mais ou menos desta forma entre todas as tarefas que tenho para fazer(que estão bem longe e são mais pesadas o que comprar cds), as vezes penso ‘será que também estou num imenso vazio’, mas ai o meu grande garoto sorri e sei que não há é espaço para mais nada na minha vida. Pois é o tempo está todo preenchido entre a maternidade o casório e o trabalho. Faz muito tempo que eu não escrevo por aqui,posso dizer que tive durante este período muitos, muitos, e muitos dias ruins, alguns meses de bad hair day que espero que esteja me abandonando nesta nova fase.
No post abaixo eu disse que estava no chá de bebê de uma amiga, que alias não sei se já teve ou não o bebê, mas penso nisto todos os dias mas o telefone parece uma má idéia e lutar com o Pedro para teclar algumas palavras é muito estressante,mea culpa…mas enfim, no chá conheci a Rosa e no meio de uma conversa agradável sobre objetivos de vida ele me deu uma dica – escrever todos os meus objetivos em uma caderneta , com prazo para realizar cada um deles. Chegando em casa fiz exatamente o sugerido. Duas das mais de 10 coisas que escrevi no caderninho já consegui realizar, adorei. É como se por estar escrito a vontade e os esforços ão maiores, ou sei lá, só sei que funcionou.
Ah, tanta coisa para contar por aqui.
Exemplo, agora escrevo de um notebook, meu portifólio finalmente está pronto, dia 22 (meu aniversário) vamos viajar
numa excursão com a 3°idade, programa de índio? que nada, pode ser a ultima oportunidade de fazer uma viagem longa com os meus avós, todos juntos, será divertido eu sei, e muito importante para mim.
Estou lendo ‘Mundo Afora’ da Mel Lisboa, e não é um total apelo como eu e meu preconceito inicialmente julgamos, o livro é deliciosos de ser lido, ela fala das impressões sobre os 9 meses em que esteve viajando por diversas cidades do mundo gravando o programa Oi mundo afora. Dá vontade de viajar. Eu sai atrás de livros intelectualóides e me rendi ao apelo comercial e ao corte de cabelo de Mel Lisboa (a eterna Anita) e me surpreendi, excelente leitura e passatempo. Ah Pedro lê O grande jogo de Chicken Little. Na verdade ele tenta arrancar o pobre galinho do livro, mas já é um começo.
Saudades monstra de todos os meus amigos, todo mundo que passou pela minha vida. Assim de repente, penso nos coleguinhas de escola primaria, nos colegas de trabalho, faculdades, internet, lugares onde passei. Onde estão?
Mas entendo os desencontros todos , afinal cada um está perdido em suas próprias unidades de tempo.
Anteontem assisti ‘A Pequena Miss Sunshine’ fiquei encantada, é um filme doce, não é uma comedia rasgada, mas a gente se identifica. Gostei.
Poderia ficar aqui por horas escrevendo sobre todos os meus dias, mas não dá, agora eu durmo as 10:30 e acordo as 7:00h, uma grande vitória.
E é isso, é o pulso que ainda pulsa.

Deixe um Comentário