A mala de rodinhas

E ai eu não tenho mais mochilinhas, tenho uma mala de rodinhas, foi só o que sobrou. E vou viajar com ela, o que eu posso fazer? Minha chefa diz que não é “fino” uma mocinha como eu viajar com aquela mochila nas costas, mas eu até gosto de ser uma “mina mochileira”.Mas não tenho mais a mochila , paciencia.É o tipo de coisa que obviamente você só vai descobrir algumas horas antes de viajar ,mas desta vez eu descobri antes.
E falta pouquissimo tempo pra por o pé na estrada , nunca um feriado demorou tanto pra chegar , que isso.Faz muito tempo que eu não vou viajar, tá até viajei pra alguns lugares muito próximos daqui mas prefiro não considerar nem como passeio.E agora vou viajar ,horas dentro do ônibus, eu gosto disso.Teve uma época que eu viajava um fim de semana sim e o outro também.Ia visitar meus amigos em Itu.Não os vejo a a muito tempo, tem gente casada e esperando bebê.É capaz do Bebê nascer e eu não conseguir ver, assim como outros nasceram e eu não vi , se eu soubesse o fim das coisas teria ido visita-los quando tive oportunidade.Mas ainda bem que a gente não sabe como as coisas vão ser porque assim a gente vive e pronto.
Sabe o que me disseram hoje num e-mail?Que eu sou irracional e por isso sou feliz.Pode?Como assim irracional?Eu penso o tempo todo, vai ver é isso, eu até penso mas não sou muito coordenadinha pelas minhas pensagens.Falando nas pensagens , vou parar de escrever por agora porque claro eu tenho coisas pra fazer e de 5 em 5 minutos eu escuto meu nome e alguém tem que me mandar fazer coisas.Por essas e outras eu detesto trabalhar.Destesto escritórios.Detesto estar diante de um dia lindo e estar atras da enorme janela de vidro que me separa do dia.Bom pelo menos tem janela né?Depois eu concluo minha idéia já que o processo criativo foi totalmente interrompido.Como ousam atrapalha.

Deixe um Comentário