Mente Insana

Pode parecer insano escrever quase todos os dias que as coisas vão melhorar e dois dias depois informar ao grande publico
que a vida voltou a ser uma merda.
O fato é que , estava sem luz, sem gás,sem dinheiro para ir trabalhar, tenho credores me ligando de 5 em 5 minutos,não fui pra
faculdade e nem irei,meu ex não voltou e não voltará,a espera acabou,o perdão esta longe de mim,meu emprego está de novo
por um fio e por mais que eu me esforce, sue , sangre mada muda.
Durante esta semana ausente um belo dia alguem com quem nunca tive muito assunto me disse que mudar era dificil ms extre
mamente necessario e que u dia a gente tem que se descobrir e ai sim doeria mais ainda .Desde este dia estou empenhada em
mim.
Olhando para as coisas ao meu redor descobri que poucas são as coisas “minhas”.Ouço as musicas que meus amigos gostam
, dependendo de quem esta do meu lado ouço Modern talking, Disco ,Janis Joplin, Indie ou Legião Urbana .Saio a noite para bala
das alternativas, bares da moda ,botecos sujos ou grandes restaurantes .Me visto como manda a Elle , ou uso uma calça da gang
, cabelos arrepiados mas unhas sempre feitas.Leio Bridget Jones , Lolita , Emma ou prefiro Hemingway ,Lady Averbuck ou Kun
dera?Não me conheço,ão sei o que amo ou quero.Sou uma sem identidade.
Preciso me encontrar , nem religião tenho , não acredito na igreja mas santo antonio esta estampado ai em baixo.Não consigo defi
nir nem template de blog.
Confusão, paradoxo.Estou bscando a mim mesma , o que quero da vida , do que eu gosto , o que eu não gosto ou o que eu não
quero.Preciso de listas , preciso experimentar gostos.Não quero mais me adaptar ou agir como um camaleão perto das pessoas ,
é comodo porque me dou bem em qualquer lugar mas e quando não há ninguem por perto como agora?Tenho um longo caminho
para percorrer,e um dia todo mundo se acerta.
Deletei toda mnha play list,venderei cds,pintarei o quarto de novo,escreverei cartas.Antes de agosto chegr espero ter um pouqu
inho de identidade propria , algum sorriso e uma meta minha da qual eu deseje realmente tocar pra frente.
São as coiss mudando e a vida seguindo seu fluxo , antes de assumir a identidade do outro quero encontrar a minha e ai sim op
tar por defende-la ou não.

Deixe um Comentário