Sentimentos

Entrar seis e meia num ônibus lotado e já de cara tentar sentar num banco que não foi feito para alguém com meu tamanho. Se isto não é uma imposição social pelo corpo magro eu não sei mais o que poderia ser.
Acho injusto que a palavra ‘se render’ seja usada de forma pejorativa dentro da militância quando somos vencidas pelo cansaço, pela humilhação, pela dor pela inadequação.  Difícil definir qual dos lados pesa mais, se o julgamento social ( do qual já estou acostumada porém cansada) ou se do julgamento das pessoas que admiro (admiro?). No final é tanta gente pra qual acabo ‘devendo satisfação’ que já não consigo ver um lado positivo em determinadas lutas, no final é tudo uma grande novela.
Eu não deveria estar me sentindo tão mal por fazer algo por mim, que julgo que será benéfico de alguma forma na minha vida. Queria não ter vergonha das palavras que coloco aqui, vergonha de fazer minhas pesquisas no google, de ter vergonha por estar olhando foto de antes e depois de gente que emagreceu. A culpa é a maior ferramenta de domínio social, e como é fácil sucumbir diante dela.

Deixe um Comentário