Eu queria entender melhor o que está de verdade acontecendo no oriente médio (porque sim , me interessa), mas não assimilava nada do que via nos jornais. Então achei na folha uma explicação.

Entenda a nova onda de violência no Oriente Médio
da Folha Online

Tanques e tropas israelenses entraram na faixa de Gaza na noite de terça-feira (27) para resgatar um soldado seqüestrado no domingo (25), em uma ação de extremistas palestinos contra uma base militar perto da fronteira de Israel.

Os palestinos invadiram o território israelense por meio de um túnel escavado sob a cerca que o separa da faixa de Gaza, na primeira ação deste tipo desde a retirada das forças de Israel da região, em setembro do ano passado.

Depois do início da incursão, ao menos outros dois israelenses foram seqüestrados por grupos armados, sendo que o colono judeu Eliyahu Pinchas Asheri, 18, foi morto pelos seqüestradores e seu corpo encontrado em Ramallah, na Cisjordânia.

Como começou?

Grupos extremistas palestinos invadiram o território israelense por meio de um túnel escavado sob a cerca que o separa da faixa de Gaza e atacaram uma base militar perto da passagem de Kerem Shalom. Na ação foram mortos dois soldados de Israel; um terceiro militar, identificado como o soldado Gilad Shalit, 19, foi seqüestrado. Dois terroristas palestinos também morreram na ação e outros quatro soldados israelenses ficaram feridos.

Qual foi o contexto político?


As relações entre Israel e a ANP (Autoridade Nacional Palestina) se deterioraram após a eleição do movimento islâmico radical Hamas, no início do ano. A tensão na região aumentou após a intensificação dos ataques aéreos israelenses promovidos contra extremistas que lançam foguetes de fabricação caseira em alvos judaicos. O clima de confronto aumentou depois que ao menos 14 civis palestinos, incluindo crianças, foram mortos por mísseis israelenses.

Se você também não entendia leia mais aqui

Deixe um Comentário