Carta 002 – de Abandono

Hoje vou deixar pra traz algo que amo. Que custou muitos dos meus dias, da minha paz.

Deixo aquilo que amo por estar acabando comigo de muitas formas.

Estou indo embora e deixando algo que amo pra traz, e dói, chega definho.

Mas nenhum amor deve doer. Se dói não é amor. E isso vale pra tudo aquilo que a gente ama ou diz amar.

Espero ter coragem.

Esta carta é pra mim, para me pedir para sair de um relacionamento abusivo e violento. Maria Rita vá em frente, e vá viver.

Deixe um Comentário