Como curar um coração partido

Surte, mas não muito
Um pouco de surto quando você está com o coração partido é
totalmente aceitável. Mas cuidado com o surto. Você pode
chegar a um grau muito alto e começar a fazer coisas
bizarras, tipo tingir as sobrancelhas. Ou começar a
freqüentar festas bizarras e ser o último a sair da pista de
dança. Nessa fase, todos comentaram escondido: “Nossa, você
viu a fulana? Ela surtou”. Mas na sua frente, todos
comentaram que você está bem, inclusive emagreceu. Muito
cuidado.

Galinhe, mas cuidado com os pretês
Quando você se separa, a primeira coisa que quer fazer é sair
e galinhar muito. Nada mais natural. Inclusive é bastante
saudável sair com várias pessoas antes de engatar em outro
namoro. Mas o problema é que nessa fase, o seu controle de
qualidade está um pouco baixo (junto com a sua auto-estima) e
você fica com vários pregos. Até aqueles que sempre deram em
cima de você e você desprezava. Você também pode ser levada a
um blind date, com o amigo do namorado daquela sua amiga do
serviço. No começo pode ser até ok, mas depois de uns três
equívocos, você cai na real. Mas daí não adianta mais nada.
As manchas negras do passado já estarão lá para sempre.


Beba, evitando a amnésia alcoólica

É sabido que pessoas com o coração partido recorrem ao álcool
como seu melhor amigo. Elas enchem a cara, muitas vezes até
com drinques chiques, como o dry Martini. O problema é que
geralmente elas cometem excessos e ficam bêbadas que nem um
gambá. E muitas vezes têm amnésias alcoólicas terríveis. E
fazem coisas das quais se arrependerão depois, como ficar com
as tais pessoas estranhas. Então, se você for adepto de uma
birita para esquentar o coração, vá com cuidado.

Pense em vinganças, mas não as concretize
Quando você está sofrendo por amor, pensa em levar a dor para
outras pessoas (mesmo que só inconscientemente).
Principalmente se essa outra pessoa for o seu ex, que já
arranjou uma nova namorada! Nesse caso, você inclusive pode
pensar em vinganças sinistras, que envolvam coelhos mortos
(lembram da Glen Close?). Mas tudo isso não vai levar a nada.
Quer dizer, pode te levar ao ridículo, dependendo se você
decidiu fazer a vingança ou não. Por isso, desista. Pense
sempre naquele velho ditado: “Um dia da caça, outro do
caçador”.


Não encontre com o seu ex

Algumas pessoas têm a doce ilusão de que podem manter uma
amizade fraterna com o seu ex. Eu não acredito nisso, pelo
menos não no começo. Então, nada de inventar desculpas de que
deu uma ligadinha só pra saber como ele estava. Porque se
vocês ficarem se falando ou se vendo muito, vai ser mais
difícil de recuperar o pobre coraçãozito.

Sofra com glamour
E como a gente sempre diz, sofra com glamour. Corte e pinte o
cabelo, compre roupas novas, ouça uma boa trilha sonora
triste, faça massagem linfática, converse com os amigos e
tome sundae de chocolate com castanha. E chore discretamente,
quando não tiver ninguém olhando

Talvez eu siga á risca…

Deixe um Comentário