Sua Escolha

“Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.
Você pode assumir sua individualidade, ou reprimir seus talentos e sonhos, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse.
Você pode produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar, ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis, não sérias e bem situadas como você.
Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas, ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus.
Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela falta de gente à sua volta.
Você pode ouvir o seu coração e viver apaixonadamente ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando analisar e explicar a vida antes de vivê-la.
Você pode deixá-la como está para ver como é que fica ou com paciência e trabalho conseguir realizar as mudanças necessárias na sua vida e no mundo à sua volta.
Você pode deixar que o medo de perder paralise seus planos ou partir para a ação com o pouco que tem e muita vontade de ganhar…”

Este é parte do texto que recebi hoje de manhã de uma grande amiga , alguém muito especial para mim , disposta a perder horas do dia dela me ouvindo (lendo) com minhas filosofias e teorias do amor , sobre possiveis casos e relacionamentos sem futuro , ou sobre posições do Kama Sutra sem perder a paciência.Que mesmo quando a gente discute a amizade é a mesma , e nunca se abalou nestes 4 anos (pelo menos que eu me lembre).Ontem na minha aula de inglês eu tinha que descrever meus amigos , ela foi um deles e ela é assim: friendly, emotional, intelligent , pretty, sensible, rational.
Muitas pessoas passaram pela minha vida, algumas ficaram por um tempo mas os propositos das proprias vidas fizeram com que sumissem, eu mesma desapareço do mapa por muito tempo ou pra sempre em alguns casos , mas a maioria dessas pessoas não dura 1 ano , se perdem no tempo ou encontro novos amigos ,mas ela não, está sempre lá , nos momentos de rir e nos momentos de chorar, me empresta dinheiro e recebe com atraso, vai em bar GLS comigo só pra me acompanhar ,me dá sabios conselhos de uma forma delicada porque sabe que eu estresso, que escuta meus resmungos, que vai no médico comigo e me carrega para balada mesmo quando eu atrapalho ela e o namorado (eu seguro vela huahuahuahua).
Ela é o amor de minha vida , meu caso lesbico (não confundam, ela é praticamente casada e muito bem casada com o menino policial) , é tudo pra mim e mesmo que eu não demonstre está é a verdade

Deixe um Comentário