E ontem eu postei algo enorme que o blogger devorou.triste triste . Mas li algo que resume o que eu postei ontem.Grande Nina Lemos.

“Eu quero me enfiar em uma confusão bem grande!”
por Nina Lemos

” “Eu quero morrer ou me enfiar no meio de uma confusão bem grande”. A gente sabia que o velho Xico Sá não iria atentar contra a própria vida. Ele iria mesmo é se enfiar em confusão naquela noite de segunda. “A gente só encontra vida quando desce ao inferno de uma confusão bem grande”, ele continuou.

Concordo com o meu amigo. A vida já é muito certinha para pessoas tão responsáveis como nós(trabalhamos muito e tentamos, se possível,nos manter nos prazos). Com essa disciplina da rotina, tudo vai ficando chato e morno demais. Viramos espécies de mortos-vivos. Até que, ela surge, ou a gente procura: uma confusão! Uma confusão imensa que faz o nosso coração bater mais rápido e a adrenalina subir. Que delícia. Subitamente nos sentimos vivos. Vivinhos da silva.

Existem vários tipos de confusões bem grandes. Na noite em que o amigo Xico gritava isso estávamos de fato em uma: euforia de gente bêbada (e olha que eu nem bebo) e um homem-pizza que foi chamado para mim (uma história que eu conto depois, mas que foi muuuito confusa). No dia seguinte acordamos atordoados, mas nos sentindo vivos por causa da confusão da noite anterior.

Outra confusão muito boa é se ver envolvida de alguma maneira tão confusa com alguém que você nem imagina para si mesma que coisa é aquela. Não dá para perguntar para os amigos o que aquilo significa, porque é confuso até para você. Não dá nem para perguntar para o I-Ching, que responderia: “minha querida, eu acho que você estás a se envolver em uma confusão bem grande”.

Questões do estilo: ele é hetero ou gay? É amizade ou caso? É sexo ou não sexo? não cabem na vida de quem, no momento, está apenas querendo se envolver em uma confusão enorme. Respostas clareariam as coisas. E quem está querendo se divertir com confusão não precisa de maiores esclarecimentos, certo? Então, que ninguém tente me explicar nada. Eu não estou querendo saber. Mas algo me diz que eu estou me metendo em uma confusão bem grande… ”

Bom é mais ou menos este o espirito da coisa.

Deixe um Comentário