Todo dia quando eu vou trabalhar tem um cara me seguindo.Ele é estranho , medonho e eu vou começar a fazer caminhos alternativos a partir de hoje.Domingo além de tentar chamar minha atenção, ele chegou muito perto, mas muito perto mesmo, se ele esticasse o braço poderia encostar em mim, disse umas tres frases toscas mas que vai saber né:?

-Ei morena vamos “se” conhecer
-Eu te dou meu cartão e você me liga
-Nossa como você é orgulhosa , da proxima vez nem mexo com você.

Mas o fato é que todo dia ele está lá.E eu sei que é assim que os corpinhos aparecem nas valas , ou as mães encontram o esqueleto da filha morta que é reconhecido pela arcada dentaria.E eu sou a mais medrosa das criaturas, tenho medo de gente (só de gente e de formiga).Aquele cara é esquisito e eu vou andar quilometros pra ir trabalhar graças a ele , mas nem ligo,não passarei naquela rua por nada no mundo.

Deixe um Comentário