Ex-Corinthiana

E então eu era corinthiana , ou torcia por algum time de futebol até ontem.Não digo isso pela derrota de ontem ,mas digo pela torcida do Corinthians.Bastaram dois domingos pra que eu mudasse de ideia a respeito de futebol e ontem foi a gota d’agua.Bom domingo passado eu e minha mãe estavamos num onibus voltando pra casa (ela tinha ido escolher o presente de natal) quando um grupo de torcedores invade o onibus .Bom até ai tudo bem , foram batucando, gritando até que apareceu o primeiro torcedor do Santos, o fato é que durante o caminho eles contabilizaram 5 ou 6 camisas do Santos , 1 bandeira e 1 torcedor.Tanto a camisa quanto a bandeira foram arrancadas do corpo das pessoas que passavam tranquilamente na rua ou estavam sentadas no bar ,sempre que avistavam um santista abriam as portas do onibus e pulavam pra fora.Agora o torcedor estava dentro do onibus e não foi muito esperto em esfregar a camisa na cara do outro moleque ,mas enfim ele saiu do onibus numa boa.Porém a esta altura do campeonato já estava todo mundo de saco cheio, eles colocavam fogo nas coisas dentro do onibus (e já estava a ponto de mandar todo mundo tomar no cu , e perguntar se eles não tinham mãe).Pra quem queria descer do onibus , só cantando o hino do time.Mais alguns quilometros acontece o inesperado, um torcedor do Palmeiras que não tinha nada que estar com aquela camisa naquele dia (não só porque o time dele não estava jogando mas para preservar a vida) surge diante do onibus, ai o tumulto foi horrivel, tinha corinthiano tentando sair pelas janelas.Mas o palmeirence fofinho e querido correu até um camburão da policia que parou o onibus e fez todos os torcedores decerem com a mesma educação com que eles arrancaram as camisas alheias momentos atras , **FELIZ**Senti um prazer absurdo em ver aquele bando de corinthiano encostado na parede e pensando neles cantando como eles amam a policia militar.E vivemos felizes para sempre.Até ontem.
Estava voltando do meu trampinho as 9:40 da noite (o jogo tinha terminado a horas) quando de novo o onibus foi invadido por torcedores do Corinhtians (essas coisas só acontecem comigo ou só tem corinthiano neste bairro onde eu moro).Só que desta vez alguns deles tinham pedaços de madeira na mão e outros tinham pedras.A principio estavam sentados ,bonitinhos,nem estavam gritando…isso por uns 5 minutos de viagem ai resolveram que deveriam batucar , gritar, mexer com quem entrava no onibus, e eu ali ,me misturei com os velhinhos nos bancos da frente porque nem tava afim de bagunça neste domingo.Minutos depois o onibus parou num ponto cheio de Santista e ai vocês já sabem , queriam que o motorista abrisse a porta , ele não abriu, eles quebraram os vidros com as pedras e alguns sairam , um cara ameaçou o motorista , e eles estavam acertando os passageiros até que eles acertaram um tio só porque ele pediu pra todo mundo manerar.Bom o cara sacou uma arma e a anta do motorista fechou as portas, causando um tumulto que eu nunca vi antes, as pessoas se escondiam , gritavam , choravam, os corinthianos pulando pelas janelas sem vidro e o cara com a arma na mão.Quando todo mundo pessou que não tinha mais nenhum corinthiano no onibus o cara se indentificou como sendo policia(?),ai as coisas foram se acalmando, as crianças encontrando seus sapatos abandonados na correria (lembrando que 40 pessoas se acotovelando dentro de um onibus com um cara armado é a visão do inferno, mas os velhinhos não se abalaram muito e nem se mexeram e nem eu claro).O tal policial(?) reconheceu um torcedor perdido no onibus, encostou a arma na cara dele e o fez descer no meio do transito, ele permaneceu com a arma na mão por um bom tempo , depois desceu do onibus uns 3 pontos antes de mim , e eu vim pra casa .Odiando a torcida corinthiana que faz jus a fama de bandido.Não torcerei mais , pra time nenhum , adeus tabelas de campeonato e coisas do genero.Talvez o Lê esteja certo , futebol é coisa de homem e eu nunca vou entender.Não sabem brincar eu hein.

Deixe um Comentário