𝐐𝐔𝐄𝐌 𝐓𝐄 𝐃𝐄𝐔 𝐄𝐒𝐒𝐀 𝐇𝐄𝐈𝐍𝐄𝐊𝐄𝐍?!?!??!!𝟏𝟏.

A vida é equilíbrio. Se no final de semana passado eu estava vivendo a MELHOR FESTA de todos os tempos, esse fim de semana foi dia de chorar na frente do código. Chorar porque estava difícil, chorar porque tomei uma rasteira no trabalho. E como boa libriana tenho a sorte de equilibrar parcerias de trabalho meia boa com outras que são pura luz.

Sábado passado eu e meu quilombo estávamos encerrando um ciclo e iniciando outro. Não poderia ter sido diferente. Como se encerra uma empresa? Com festa? E como a gente começa um novo negócio? Com festa.

A outsiders nasceu da vontade de ver (ser) mulheres negras construindo tecnologias, nesse aspecto nada mudou, talvez o fado de que agora a gente não faz só isso. Mas recebemos um recado de que não éramos Outsiders, que estava na hora de lembrar que éramos filhas de reis e rainhas. O Orum manda, a gente obedece. Não somos mais forasteiras, somos o MUNDO todo. Agora somos ÀIYÉ (o mundo físico ), eu, @tathatalita e @vivisserejo renascemos @aiye.io e sei que é o início de uma bela caminhada agora que a gente se encontrou.

Eu sigo sem saber pra onde foi a roupa do varal. Feliz por escolher o perdão. Descobri coisas interessantes jogando Eu Nunca e Verdade ou Desafio. Me senti muito honrada por todas as visitas. Chorei pra um c%$&*($o esse fim de semana, mas venci. O que isso significa? Que se esse fim de semana foi de luta é sinal que o próximo será de glória, então amigas se preparem pra minha versão Barbie festa e cenas como a da Heineken provavelmente se repetirão. E esse aqui foi o momento épico…

–𝐏𝐞𝐝𝐫𝐨 𝐪𝐮𝐞𝐫 𝐮𝐦𝐚 𝐇𝐞𝐢𝐧𝐞𝐤𝐞𝐧? – diz a mãe olhando para geladeira e entregando uma cerveja pro menino.

Boatos dizem que eu olhei de novo na geladeira pra pegar uma pra mim, e quando virei novamente, ele estava com a cerveja e minha reação foi a única possível: 𝐐𝐔𝐄𝐌 𝐓𝐄 𝐃𝐄𝐔 𝐄𝐒𝐒𝐀 𝐇𝐄𝐈𝐍𝐄𝐊𝐄𝐍?!?!??!!𝟏𝟏.

E ele respondeu: 𝐕𝐨𝐜ê!

Sigo perplexa. Mas se eu não lembro, não aconteceu.

Vida longa pra nós!

Visita a gente em aiye.io ou escreve no ola@aiye.io. Porque se tem gente construindo um Metaverso 🙄 imaginário, a gente só quer construir um futuro possível, justo e bem palpável.

Deixe um Comentário